Vet Rio

Se preferir
(24) 0800-022-2422

Allercat

Allercat

 

ALLERCAT
 
 

OS ACIDOS GRAXOS ESSENCIAIS E AS DERMATOPATIAS

A utilização dos fatores Ômega 3 e Ômega 6, vem ganhando cada dia mais espaço e interesse criação de animais de companhia. A suplementação de animais com alergia, prurido e inflamação de pele utilizando estes fatores, tem sido útil na melhora da resposta associada a estes problemas. A influência dos ácidos graxos essenciais nos processos inflamatórios tem sido sugerido devido a habilidade destes compostos serem incorporados à membrana celular e agir como substrato no metabolismo dos eicosanoides, resultando na produção de eicosanoides com baixo potencial inflamatório.


O CEPAV LABORATÓRIOS - Tecnologia em Saúde Animal, novamente de maneira pioneira, lança como seu primeiro produto, o mais completo suplemento alimentar com fatores Ômega 3 e Omega 6 - ácidos graxos essenciais com Vitaminas A,E,C e Zinco, desenvolvido especialmente para as condições brasileiras, como fruto de um trabalho de pesquisa de 3 anos e que envolveu o acompanhamento de mais de 1.000 cães. Mais de 30 Médicos Veterinários e inúmeros criadores de cães e gatos de vários estados brasileiros participaram da avaliação destes produtos.
O objetivo deste manual é o de orientar os Médicos Veterinários na utilização de ALLERCAT PLUS, aproveitando ao máximo as suas características na melhora de inúmeras dermatopatias.


O QUE SÃO ÁCIDOS GRAXOS

Um ácido graxo é uma molécula que consiste em vários átomos de carbono ligados entre sí por ligações simples ou duplas que tem um grupo carboxila em uma das extremidades e um grupo metila na outra extremidade. Os ácidos graxos são divididos de acordo com a localização das ligações químicas. Dois importantes grupos incluem os n-3 ou Ômega 3 e os n-6 ou Ômega 6. Os principais ácidos graxos que compõem o grupo Ômega 3 são: ácido alfa-linolênico, ácido eicosapentanóico e o ácido docosahexanoico . Os principais ácidos graxos que compõem o grupo Ômega 6 são: ácido linoleico e ácido araquidônico. Os ácido graxos dos grupos Ômega 3 e 6 não são sintetizados pelo cão e gato, nem um ácido graxo de um grupo pode ser transformado em outro. Sendo assim, a obtenção destas importantes substâncias tem que vir de uma fonte dietética obtida através da suplementação.


FONTES PRINCIPAIS DE ÁCIDOS GRAXOS

Ômega 6: Açafrão, soja, milho, óleo de borrage, óleo de girassol e gordura animal.
Ômega 3: Óleo de peixe marinho e algumas plantas terrestres tal como a semente de linho.


FUNÇÕES DOS ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS

Existe uma variedade de alterações observadas na deficiência dos ácidos graxos essenciais: Baixas taxas de crescimento; perda de peso; falhas na ovulação e lactação; degeneração testicular; aumento da permeabilidade da pele e da membrana celular; deficiência na cicatrização; queda de pelo; dermatite seborréica com hiperqueratose e aumento da síntese de DNA dos queratinócitos.
A presença de quantidades equilibradas dos fatores Ômega 3 e Ômega 6 nas dietas ou em suplementos, impedem ou corrigem os processos acima descritos.


ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS E O SISTEMA IMUNE

A regulação da resposta celular mediada e humoral, envolve uma cadeia complexa de mecanismos envolvendo direta e indiretamente a interação celula-célula e fatores que influenciam a reatividade linfocitária. Alterações nas concentrações de ácidos graxos essenciais nos fosfolipídeos da membrana plasmatica dos linfócitos pode causar alterações na reatividade imunológica celular.


ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS E A PELE

No final dos anos 80, Médicos Veterinários iniciaram a utilização de uma das formas mais importantes de controle de prurido em animais alérgicos, através da suplementação com os chamados fatores Ômega 3 e Ômega 6. Desde aquela época, vários produtos contendo estes fatores foram colocados à disposição da classe Veterinária para utilização em vários problemas de pele. Bond e Lloyd, 1992, relataram que animais atópicos tem uma deficiência no metabolismo dos Ácidos Graxos, motivo pelo qual a grande maioria destes pacientes, sejam eles cães ou gatos, respondem muito bem quando suplementados com estes fatores. A utilização destes fatores é muito segura e a única contra indicação conhecida são animais com histórico de pancreatite ou intolerância a gordura.

Os ácidos graxos essenciais tem um fator fundamental no equilíbrio da pele e pelagem e sua deficiência está associada a várias condições de pele: pele fina e pelagem descolorida; descamação de pele(seborréia); hipertrofia da glândula sebácea com aumento da viscosidade; hiperqueratose dos ductos sebáceos; aumento da síntese de DNA pelos queratinócitos; aumento da fragilidade dos capilares cutâneos; diminuição da velocidade de cicatrização das feridas; aumento das perdas de líquido transepidérmica.


INTERAÇÃO ENTRE OS ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS E ZINCO

Existem muitas similaridades entre as síndromes associadas a deficiência de ácidos graxos essenciais e a deficiência de Zinco. Isto inclue: Retardo no crescimento; alopecia; queratose; má absorção intestinal; infertilidade; diminuição da resposta imune; fragilidade capilar. Animais com deficiência de zinco tem uma diminuição na absorção intestinal de triglicerides. As doenças que respondem à suplementação de Ácidos Graxos e Zinco incluem: Acrodermatite enteropatica; lesões associadas a nutrição livre de gorduras e paraqueratose. Allercat Plus tem concentrações elevadas e equilibradas de ácidos graxos essenciais e zinco.

 



Cepav Castel Ecovet Agristar Poytara Biocarb Granado Proteum

©2011 Vet Rio. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: Equipeweb